19/07/2012

dos casais que fazem tudo juntos

Ultimamente tenho conhecido alguns casais que fazem tudo juntos.
Vão ao banco juntos, às compras juntos, ao café juntos, à casa da mãe, do pais, dos primos e dos amigos juntos. Fazem tudo juntos e sempre. Na minha óptica, não vejo problema em fazerem coisas juntos (até acho muito fofinho), vejo é em faze-lo sempre. Confesso que me faz alguma impressão. Talvez por ser dada à liberdade e por não gostar de estar sempre com outra sombra a meu lado.
Um casal que assim seja chega rapidamente a uma fase de sufoco, já que nehuma das partes tem direito ao seu tempo, às suas coisas, aos seus momentos de solidão.
Tenho uma amiga que se queixa disso. diz que não pode fazer nada sem que o namorado saia e venha também. Diz que deixou de ter aquelas conversas que só se tem com as amigas, que deixou de saber como é estar sozinha no seu canto.. deixou de ter os seus momentos. Acredito que por mais que ela goste do seu namorado, se assim continuar, ela vai acabar por se sentir muito mais sufocada e controlada. Sim, acho que um casal que faz tudo sempre juntos é porque gosta sempre de controlar os passinhos um do outro. (um amor esquesito, vá)
Tenho outro amigo que muitas vezes mente à namorada para conseguir estar sozinho e estar com os seus amigos (não são noitadas, é apenas uma cafezada). Ultimamente as relações que tenho conehcido são assim muito sufocantes, os gaijos e as gaijas uns desconfiados de primeira e sem se dar por ela deixam de ter amigos e quando a relação entra numa espiral de sufoco e saturação vai cada um para seu lado, ficando sozinhos. Depois tentam voltar a conquistar as amizades antigas e quando se metem noutra relação já vão mais cautelosos e menos vidrados.

2 comentários:

lu de lúcia disse...

Isto é tudo muito complicado, porque às vezes as relações estragam-se por falta de fazerem muitas coisas juntos. E outras vezes estraga-se pelo excesso que falas-te.
Muitas vezes, o não fazerem imensas coisas juntos, serem sinceros e honestos, tem uma centena de segredos escondidos.

Peppy Miller disse...

A verdade é: não existem relações perfeitas ;/