04/09/2012

É tudo uma questão de liquidez ( o que escasseia pela Europa - liquidez)

”Numa pequena vila e estância balnear na costa sul de França chove e nada de especial acontece.
A crise sente-se.
Toda a gente está carregada de dívidas e deve a toda a gente.Subitamente, um rico turista russo chega ao foyer do pequeno hotel local. Pede um quarto e coloca uma nota de 100 Euros sobre o balcão, pede uma chave de quarto e sobe ao 3º andar para inspeccionar o quarto que lhe indicaram, na condição de desistir se lhe não agradar.
O dono do hotel pega na nota de 100 Euros e corre ao fornecedor de carne a quem deve 100 Euros, o talhante pega no dinheiro e corre ao fornecedor de leitões a pagar 100 Euros que lhe devia há algum tempo. Este, por sua vez, corre ao criador de gado que lhe vendera os leitões e este por sua vez corre a entregar os 100 Euros a uma prostituta que lhe cedera serviços a crédito. Esta recebe os 100 Euros e corre ao hotel a quem devia 100 Euros pela utilização casual de quartos à hora para atender clientes.
Neste momento o russo rico desce à recepção e informa o dono do hotel que o quarto proposto não lhe agrada, pretende desistir e pede a devolução dos 100 Euros. Recebe o dinheiro e sai.
Não houve neste movimento de dinheiro qualquer lucro ou valor acrescentado.
Contudo, todos liquidaram as suas dívidas e estes elementos da pequena vila costeira encaram agora com optimismo o futuro.”
Dá que pensar…

8 comentários:

Jedi Master Atomic disse...

Hmmm....a história é bonita demais para ser real :P
Era preciso uma grande pontaria para toda a gente dever €100 uns aos outros....loool

Se um devesse €150 já estragava tudo :P

Peppy Miller disse...

Jedi, óbvio que se trata de uma utopia financeira, mas se pensar-mos um pouco, esta seria "uma solução" viável :)

Jedi Master Atomic disse...

Então para isso bastava que as pessoas falassem entre si que haveria de descobrir que afinal não deviam nada a ninguem :P

Peppy Miller disse...

Jedi, sugeres o perdão, portanto?

Jedi Master Atomic disse...

loooool :P

A Bomboca Mais Gostosa disse...

Os mecanismos do crédito!

Tito Coelho disse...

Hmmm.. Não é bem assim.. quem fica a perder é o Hotel.. A prostituta saldou uma dívida para com o hotel, dinheiro esse que acabou por não entrar em caixa no Hotel :/

Peppy Miller disse...

Tito Coelho: mas o cliente não gostou do quarto, isto é o dono do hotel devolveu os 100 eur ao turista. Repara bem que o dinheiro circula de "forma" gratuíta entre eles. Pelo menos é assim que interpreto :)